News

Palestra com Robert Henke

_cartaz-henke

Robert Henke é compositor, performer e investigador, com trabalhos orientados na área da inovação técnica em música eletrónica contemporânea. No âmbito do espetáculo Lumière II, que apresenta na abertura do Festival FORTE, no próximo mês de Agosto de 2015, em Montemor-o-Velho, a Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, tem o prazer de receber este ilustre cientista e professor, para uma palestra que aborda as temáticas mais contemporâneas das relações entre composição musical, instalações audiovisuais, arte sonora e aplicações informáticas. Robert Henke apresenta, no próximo dia 28 de Abril, a palestra “LUMIÈRE II- A Tecnologia Laser Na Construção Da Performance Audiovisual”, em que aborda a complexidade da conceptualização de um espetáculo de performance audiovisual construído com recurso à tecnologia laser ativados e sincronizados por estímulos sonoros.

Lumière II é uma composição audiovisual constituída por quatro emissores de luz laser e som. O trabalho tem por base centenas de «notas» audiovisuais, organizadas em quatro correntes paralelas, para criar uma experiência imersiva altamente sincronizada e inédita. A luz laser é projetada numa tela de grandes dimensões, em que a experiência performativa é constituída, pelo resultado da projeção na tela, mas também pelo efeito obtido pela conjugação de fumo e o feixo de luz, que nasce no projetor e se estende até à tela. A composição gera assim objetos temporários frágeis, que flutuam sobre o público. As características do feixo de luz laser permitem combinar a completa escuridão com momentos de extremo brilho (luz branca pura) com cores saturadas e, movimentos intensos e precisos com formas orgânicas e complexas.

Lumière II é impulsionado por várias peças interligadas por uma aplicação informática, desenhada pelo próprio artista. Esta aplicação cria sucessões rápidas de imagens gráficas vetoriais articuladas com eventos sonoros.

O espectáculo Lumière nasce em 2013 e desde então tem vindo a evoluir, com uma linguagem e estética muito diferente. A primeira versão foi baseada na improvisação e na aposta em gestos brutos. O software criado para a primeira versão não permitia desenhar formas mais complexas, grande parte do trabalho desenvolvido para o espetáculo Lumière II foi a programação de uma estrutura de software que permite a criação de figuras muito complexas e detalhadas, dotadas de um motor de síntese de som mais complexo.

Lumière II foi criado no final de 2014, estreou a 19 de fevereiro de 2015, no Centre George Pompidou, em Paris. Lumière II vai ter uma apresentação única em Portugal, na abertura do Festival FORTE, no dia 27 de Agosto de 2015, em Montemor-o-Velho.

Co-produção: Festival FORTE, Matéria Prima e Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s